sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Salmo 28 - Paciência e Libertação

A ti clamarei,
ó Senhor,
Rocha minha;
não emudeças
para comigo;
não aconteça,
calando-te tu
para comigo,
que eu fique
semelhante aos
que descem
ao abismo.

Ouve a voz
das minhas súplicas,
quando a ti clamar,
quando levantar
as minhas mãos
para o teu santo oráculo.

Não me arrastes
com os ímpios,
e com os que
praticam a iniqüidade;
que falam de paz
ao seu próximo,
mas têm mal
nos seus corações.

Dá-lhes segundo
as suas obras
e segundo a malícia
dos seus esforços;
dá-lhes conforme
a obra das suas mãos;
torna-lhes a
sua recompensa.

Porquanto não
atentam às obras
do Senhor, nem
à obra das suas mãos;
pois que ele
os derrubará e não
os reedificará.

Bendito seja
o Senhor, porque
ouviu a voz das
minhas súplicas.

O Senhor é
a minha força
e o meu escudo;
nele confiou
o meu coração,
e fui socorrido;
assim o meu
coração salta
de prazer, e com
o meu canto
o louvarei.

O Senhor é
a força do seu povo;
 também é a força
salvadora do
seu ungido.

Salva o teu povo,
e abençoa
a tua herança;
e apascenta-os
e exalta-os
para sempre.

Amém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Frei Damião Oração Forte, Poderosa e Milagrosa

Em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo Santíssima Trindade, Pai Filho e Espírito Santo! Eu vos adoro e vos sou grata com...

Postagens mais visitadas